Blogueiras de viagens visitam Macaé.

As redes sociais são, cada vez mais, uma das principais formas dos turistas buscarem os próximos destinos para conhecerem. Sabendo da importância dessa ferramenta, a secretaria de Turismo de Macaé, cidade localizada na região turística Costa do Sol, convidou um grupo de blogueiras de viagens com perfil no Instagram para visitar a cidade e conhecer o potencial de turismo de lazer que o município oferece. As cinco influenciadoras digitais estão visitando os pontos turísticos da cidade como o Parque Municipal do Atalaia, Parque Nacional de Jurubatiba e a Ilha do Francês. Nilo Sergio Felix, secretário de estado de Turismo, elogiou a ação de Macaé e destacou que, de acordo com o Instagram, 60% das pessoas dizem ter conhecido um produto ou serviço através de um perfil. “A rede social tem 700 milhões de usuários ativos no mundo, sendo que 45 milhões são brasileiros. Vem crescendo internacionalmente a vertente digital para divulgar produtos, empresas e pessoas. Por sua facilidade e praticidade é, com certeza, a mídia mais usada. Macaé investiu num caminho muito promissor. Tenho certeza que o resultado será positivo”. Grazi Gervasoni, uma das integrantes do grupo de blogueiras, disse que suas fotos e vídeos têm despertado o interesse das pessoas. “A cidade tem uma beleza natural para ser explorada e conhecida, além de ser muito limpa e organizada. Estamos sendo muito bem recebidas”.

Publicado em Blogueiras Visitam Macaè | Com a tag , , , , | Deixar um comentário

Descubra um excelente destino para a prática do turismo sustentável

Um dos principais destinos turísticos da Chapada dos Veadeiros, Cavalcante (GO) tem entre seus principais atrativos os vãos entre montanhas e rios com grotões, nascentes, cachoeiras, corredeiras e cânions. O Vão das Almas e o Vão do Moleque, entre outros quase inacessíveis, serviram de abrigo para índios e escravos fugitivos do garimpo. A área de 250 mil hectares entre Cavalcante, Teresina de Goiás e Monte Alegre abriga, hoje, o maior território quilombola do Brasil, habitado pelos Kalunga. Uma das principais atividades econômicas deste povo é o turismo, marcado pela sustentabilidade, história e tradições. No local, as famílias ainda mantêm o estilo de vida autossustentável. O povo Kalunga, que na língua banto significa lugar sagrado e de proteção, também pratica agricultura, pecuária, extrativismo, caça e pesca. A maior população Kalunga, com cerca de 5 mil pessoas, é a de Cavalcante. A comunidade Engenho II, a 30 km do centro de Cavalcante, atrai visitantes em busca do turismo de experiência e oferece opções de pousadas, camping e restaurantes caseiros. Até o final do século passado os moradores viviam isolados, o que garantiu que um dos cartões postais da Chapada dos Veadeiros, a Cachoeira Santa Bárbara, de poço cristalino, continuasse preservada. O acesso é controlado pelos Kalunga. Além dos guias, os Kalunga ainda organizaram um centro de atendimento ao turista com lojinha, onde o visitante encontra do artesanato quilombola aos produtos da roça com forte tradição indígena, tempero africano e sabores do Cerrado. Nos dias mais movimentados a comunidade recebe até 200 turistas do mundo inteiro. Os moradores foram treinados para recepcioná-los e orientá-los pelos caminhos que levam aos demais atrativos, entre eles, as cachoeiras Capivara e Candaru (70m), acessadas por trilhas de 2 km e 4 km, respectivamente. São caminhos que serviram de rota de fuga, hoje trilhados pelos praticantes do ecoturismo em busca de natureza e aventura. Se tiver sorte, o visitante se depara com uma das muitas festas populares com rituais católicos e danças africanas, ampliando a experiência em uma imersão cultural entre os povos que preservam, além da natureza, suas tradições. O local foi reconhecido pela Fundação Palmares, vinculada ao Ministério da Cultura, como Sítio Histórico e Patrimônio Cultural Kalunga. Rio do Prata: O complexo de sete cachoeiras do Rio do Prata fica a 67 km de Cavalcante. É um dos atrativos mais procurados pelos turistas e leva um dia para ser visitado. O acesso é pela estrada de terra Cavalcante-Minaçu, seguido de caminhada por 6 km de trilhas que conduzem a sequência de quedas com poços para banho em águas transparentes. No final da trilha chega-se à cachoeira Rei do Prata, onde o rio corta um paredão de pedra formando uma queda de 12 metros em um enorme e profundo poço com praia de areia e seixos. O local paradisíaco é um dos cartões postais da Chapada dos Veadeiros e compensa a caminhada. Um pouco abaixo fica a cachoeira do Urubu-rei com queda de 20 metros e mirante com vista para o final do vale com o Vão do Moleque ao fundo, lembrando que o território é Kalunga.

Publicado em Turismo Sustentavel | Com a tag , , , , , , , , | Deixar um comentário

Cantor Daniel destaca desenvolvimento do turismo em Brotas: ‘Muito orgulho’.

O Turismo em Brotas é recente, começou há pouco mais de 20 anos. O local sempre chamou a atenção por suas belezas naturais e pela prática do esporte de aventura, mas acabou ganhando um ‘garoto-propaganda’ do município: o cantor Daniel.
“Tenho muito orgulho e sempre zelei por essa terra”, disse. Em entrevista ao G1, ele falou sobre o desenvolvimento do turismo local e fez um convite especial para quem busca um lugar para as férias de julho. Nascido na cidade, além de levar o nome de Brotas para as mais diversas regiões do país, o sertanejo investiu por lá. Daniel reinaugurou o Cine São José, fechado há cerca de 20 anos, e construiu seu novo escritório que gerencia toda sua carreira. Filho da terra, não é difícil encontrar Daniel circulando pela cidade, inclusive usufruindo das atrações que atraem turistas de todo o país. No último fim de semana, o cantor participou de um programa de rádio direto de um pub de Brotas, onde cantou, tocou e tirou fotos com turistas e moradores, que acabaram sendo surpreendidos pela presença do artista. Desenvolvimento do turismo: Após a apresentação, Daniel falou com a reportagem do G1 e contou um pouco sobre o turismo crescente e a alegria de ter nascido em uma cidade que prioriza o meio ambiente. “Quando era criança ainda, tudo era muito natural. Se você quisesse ir para o rio, você ia para o rio e corria todos os riscos, assim como hoje também, mas não se tinha a estrutura que tem atualmente, com os cuidados, equipamentos, enfim. Tudo era feito rusticamente”, contou o cantor. Daniel destaca ainda a admiração pelo cuidado que a cidade tem, a forma como as pessoas cuidam do lugar e a conscientização de quem está chegando agora. “Tenho muito orgulho e sempre zelei por essa terra. Sempre fiz minha parte, meu papel. Sempre procurei divulgar onde quer que eu esteja, falando naturalmente da cidade até pela paixão que eu tenho pelo lugar, pela consciência das coisas e saber da energia que esse lugar emana”, disse o cantor. O sertanejo comenta a ampliação dos serviços oferecidos pela cidade, que hoje atrai turistas não apenas para os esportes de aventura, como também para outros atrativos ao longo do ano. “Hoje Brotas não é conhecida apenas como uma cidade de esportes radicais, mas como uma cidade radicalmente doce, proporcionando algo a mais para quem vem de fora no decorrer do ano todo”. Trajetória: Nascido em Brotas, o sertanejo começou a tocar violão com o pai aos cinco anos de idade e participava de festivais regionais. E foi em um desses festivais, no ano de 1980, que Daniel encontrou João Paulo, com quem formou dupla e passou a buscar espaço no tão concorrido seguimento sertanejo. A consagração da dupla ocorreu 16 anos depois, com o lançamento do CD João Paulo & Daniel Volume 7. A canção ‘Estou apaixonado’ estourou em todo o país e se tornou tema da novela ‘Explode coração’, da Rede Globo.

Publicado em Cantor Daniel Destaca Desenvolvimento Do Turismo Em Brotas | Com a tag , , , , , , , , , , , , , | Deixar um comentário