Turismo representa um terço dos novos empregos.

turismo-representa-um-terço-dos-novos-empregosA grande maioria dos novos empregos foi criada na restauração, que já representa 70% do emprego no turismo. Quase um terço dos empregos criados em Portugal em 2016 dizem respeito a empresas ligadas ao turismo: hotelaria, restauração e agências de viagens. Melhor ano de sempre para o turismo português. Em causa estão mais de 27 mil novos postos de trabalho no turismo, de um total de 82 mil empregos criados no país, avança o DN/Dinheiro Vivo. De acordo com dados da Segurança Social, mais de 330 mil pessoas descontam para esta indústria, o que significa um aumento de 9,1% face ao ano anterior. A grande maioria dos novos empregos (mais de 19 mil) foi criada na restauração, que já representa 70% do emprego no turismo. Aqui, o negócio beneficiou da descida do IVA de 23% para 13% e do aumento do consumo das famílias. Já o alojamento — com mais 4.433 empregos — conta com novo impulso através do arrendamento de curta duração e a abertura de novos hotéis, nomeadamente em Fátima, para receber a visita do Papa Francisco.

Publicado em Turismo Representa Um Terço De Novos Empregos | Com a tag , , , , , , , , | Deixar um comentário

Petrópolis espera 80% de ocupação em hotéis em feriados prolongados.

petropolis-espera-80%-de-ocupação-em-hoteis-em-feriados-prolongadosPetrópolis na Região Serrana do Rio, espera aquecer a economia do município com os turistas. Com sete feriados prolongados ao longo deste ano, a prefeitura prevê uma taxa média de ocupação de 81,43%, de acordo com dados do Observatório Regional do Turismo. A informação foi divulgada pela Fundação de Cultura e Turismo neste domingo (5). O acréscimo de 22 dias de folgas no calendário dos brasileiros, segundo o Ministério do Turismo, fará com que o turista nacional seja o foco do setor. Durante o período de Carnaval, por exemplo, Petrópolis registrou 91% na ocupação dos leitos. Para atrair o turista, o segmento pretende ampliar a programação e, principalmente, a divulgação da cidade no estado e em âmbito nacional. “O turista nacional já é nosso maior público, sem dúvida alguma. Ter no calendário 22 dias a mais, em sete finais de semana prolongados, certamente é mais uma oportunidade de atrairmos esse público, não só por Petrópolis, que naturalmente é um destino atrativo, mas tornando ele ainda mais interessante para o visitante oferecendo serviços de qualidade e garantindo que eles estejam funcionando, desde o setor de compras ao gastronômico e hoteleiro. E garantindo ainda que esse turista saiba disso, fortalecendo a divulgação da cidade fora dela”, enfatizou Marcelo Valente, que vai gerir a futura empresa de Turismo da cidade. Durante todo o ano de 2016, a taxa média de ocupação hoteleira foi de 66,32%. Só nos “feriadões”, neste ano de 2017, a estimativa é que o setor aumente em 15% o movimento em cada data, com previsão de ocupação de 81,43% nesses períodos. A cidade conta com 114 meios de hospedagem, com 6.436 leitos distribuídos em 2.353 unidades habitacionais disponíveis. Serão sete feriados prolongados: Tiradentes (21 de abril), Dia do Trabalho (1º de maio), Corpus Christi (15 de junho), Independência (7 de setembro), Nossa Senhora Aparecida (12 de outubro), Finados (1º de novembro), Dia da Consciência Negra (20 de novembro), sem contar as datas que já são prolongadas independente da data, como Carnaval e Semana Santa, além de feriados estaduais e municipais que também impulsionam o turismo em Petrópolis.“O PIB de Petrópolis é de R$ 11 bilhões anuais, sendo 6% o que corresponde apenas ao turismo, sem contar o turismo de compras, que gera empregos para os petropolitanos. Isso mostra a importância do setor para o município, que movimenta toda a economia, desde os atrativos turísticos, o circuito gastronômico, de compras, a rede hoteleira e o comércio em geral. Setor que pode ser ainda mais produtivo para o município no momento em que o próprio empresariado entender que somos uma cidade turística e para isso devemos garantir ao nosso turista a cidade toda aberta principalmente nos feriados e também aos domingos”, frisou Marcelo Valente.

Publicado em Petropólis Espera Ocupação Em Feriados Prolongados | Com a tag , , , , , , , , , , | Deixar um comentário

O Prazer de Viajar.

o-prazer-de-viajarViajar faz parte da minha vida e tenho certeza de que da vida de muitos de vocês também. Viajo desde criança quando flanar pelo mundo nem era assim tão fácil como hoje. Não havia a internet para auxiliar, não havia telefone celular, nem o bendito GPS. Hoje tudo está mais fácil. Que maravilha! Afinal, para quem tem espírito aventureiro e alma cigana, viajar é preciso! Pode ser uma viagem a trabalho, para conhecer um novo destino, para descansar, para curtir a família, para namorar, para comemorar uma data importante, para repensar a vida. Não importa o motivo. Toda viagem diverte, nos enriquece e renova a energia.Khiva, Uzbequistão. Numa viagem andar na chuva é divertido, comer batata frita não dá culpa e experimentar um espetinho de escorpião faz parte do programa. Numa viagem dá para caminhar sem rumo, passear de camelo, dirigir em mão inglesa, andar de balão e, até acordar por livre e espontânea vontade, sem o barulho do despertador. Pois, viajar é sentir a vida pulsando por outros prismas. Sem pudores. Com novas tintas. Viajar nos transforma, nos desafia. Capadócia, Turquia. Quando nos misturamos à multidão sentimos que somos apenas uma gota no oceano. As perspectivas se ampliam. Há uma renovação. E a distância que se percorre não é o que importa. Pode ser uma viagem à Finlândia, Salvador, Pequim ou àquela cidade pertinho da sua casa. O que importa é que ninguém volta igual. Agra, Índia. Viajar não é simplesmente ir de um lugar para outro. Significa muito mais do que isso. É olhar a vida por outros ângulos. É experimentar o novo, o inusitado, o diferente. É sair da rotina. Quebrar paradigmas, derrubar preconceitos, mergulhar em novos conceitos. É viver em outros horários, ouvir idiomas indecifráveis, sentir outros cheiros. Lapônia, Finlândia. E, é incrível como cada um faz a “sua” viagem! Mesmo que duas pessoas tenham ido juntas, trilhado as mesmas calçadas, cada uma vive aquele momento de acordo com a sua história de vida. Com as suas percepções. Com seus olhares. Cada viagem é única. Singular. Yosemite, Estados Unidos.
Mas, para isso é preciso de desprendimento. Ter um modo flexível de ser faz parte da vida de quem está com a mala sempre pronta. Estar preparado para ver nas entrelinhas, sair da observação banal e, assim, aprender com o mundo. Machu Picchu, Peru. Para conseguir trazer boas lembranças na mala é preciso saber gerir sua experiência de tal modo que ela garanta bons frutos. Entregue-se sem preguiça, com leveza nas expectativas e sem tabus quanto às barreiras culturais que inevitavelmente aparecerão. A recompensa será enorme. A bagagem virá carregada de boas histórias. Tahaa, Polinésia Francesa. Saiba que a paixão que uma viagem desperta depende muito mais da sua disposição mental do que do destino em si. Então, abra-se. Deixe o novo bater à sua porta. Solte suas amarras e se jogue num mundo de possibilidades infinitas. Leve a alma para passear. Permita-se descobrir novos mares, antigas civilizações, povos exóticos, culturas misteriosas, lugares remotos. Pois, viajar pode se traduzir num grande prazer! Siem Reap, Camboja. Deixo com vocês uma frase de autor desconhecido com a qual tenho certeza de que vocês vão se identificar:
Se algo de bom acontecer viaje para comemorar! Se algo de ruim acontecer viaje para esquecer! Se nada acontecer viaje para que algo aconteça!

Publicado em O Prazer De Viajar | Com a tag , , , , , , , , | Deixar um comentário