Acidente com ônibus de turismo de MG deixa 30 feridos no ES.

acidente-com-onibus-de-turismo-de-MG-deixa-trinta-feridos-no-ESAcidente aconteceu no km 115 da BR-262, em Conceição do Castelo.
PRF disse que são 3 vítimas em estado grave e 27 com ferimentos leves. Um ônibus de turismo tombou na ribanceira, no quilômetro 115 da BR-262, na localidade de Indaiá, Conceição do Castelo, região Sul do Espírito Santo, por volta das 21h30 desta terça-feira (17).  A Polícia Rodoviária Federal (PRF-ES) informou que foram contabilizadas 30 vítimas, sendo três em estado grave e 27 com ferimentos leves. O motorista fez teste do bafômetro, mas deu negativo.  O ônibus, que saiu de Ponta da Fruta, em Vila Velha, e seguia para Divinópolis, Minas Gerais, transportava 38 passageiros de duas famílias. Eles passavam férias no balneário capixaba. Ao desviar de um veículo, o condutor perdeu o controle e tombou com o ônibus.  Segundo a PRF-ES, 27 vítimas foram encaminhadas para o Hospital Padre Máximo, em Venda Nova do Imigrante, e outras três foram levadas para um hospital em Conceição do Castelo.

Publicado em Acidente Com Ônibus De Turismo De Minas Gerais | Com a tag , , , , , , , | Deixar um comentário

Saiba como promover o turismo sustentável.

saiba-como-promover-o-turismo-sustentavelSegundo a ONU, 2017 é o Ano Internacional do Turismo Sustentável para o  Desenvolvimento. O Tarde Nacional desta sexta-feira (13) falou sobre Turismo Sustentável. A entrevistada foi a coordenadora do Laboratório de Turismo da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), Márcia Raquel Guimarães.

Ela deu dicas para que os ouvintes possam promover o turismo sustentável e explicou de que forma isso pode ajudar as comunidades que vivem nos destinos visitados. Márcia Guimarães falou, ainda, sobre a importância da Organização das Nações Unidas (ONU) ter definido 2017 como o Ano Internacional do Turismo Sustentável para o Desenvolvimento. Clique no player acima para ouvir a entrevista na íntegra. O Tarde Nacional vai ao ar, de segunda a sexta-feira, às 16h, na Rádio Nacional da Amazônia. A apresentação é de Juliana Maya.

Conteúdo relacionado: ONU declara 2017 como o Ano Internacional do Turismo Sustentável.

Publicado em O Turismo Sustentável | Com a tag , , , | Deixar um comentário

Samba tenta driblar crise com promoção do turismo através dos ensaios técnicos, mesmo com gastos perto dos R$ 80 mil por escola.

samba-tenta-driblar-crise-com-promoção-do-turismo-atraves-dos-ensaios-tecnicos-mesmo-com-gastos-perto-dos-80-mil-por-escolaEm 15 anos de ensaios técnicos muita coisa mudou. A primeira vez que uma escola usou a pista de desfiles antes do dia oficial foi para o Carnaval 2003 e a Mangueira, então atual campeã (como agora), abriria um canal de divulgação e fomento de eventos na cidade do Rio de Janeiro que se tornou imprescindível no planejamento das escolas de samba. Ao longo dos anos mais escolas foram aderindo e hoje todas 26 escolas que estão na Série A e Grupo Especial ensaiam no Sambódromo.

Os ensaios técnicos se transformaram numa espécie de avant-première do que vai acontecer no desfile em termos de estrutura de chão e canto. Além disso é um evento altamente democrático, uma vez que é totalmente gratuito ao público. O carioca que gosta de carnaval e por alguma ventura fica impedido de comparecer aos desfiles oficiais tem no ensaio técnico essa possibilidade. Diretor de carnaval da Liesa, Elmo José dos Santos, foi um dos idealizadores do evento, que segundo ele só pode existir dessa forma. – Eu vim do povo, nascido e criado em Mangueira. A gente fica muito feliz quando chegam os ensaios técnicos.

É o momento que eu mais gosto do calendário do carnaval. O público pode chegar com sua cervejinha, tem ambulantes, aquele clima de informalidade que é a cara do carioca. A gente na Liga até tenta não exercer um controle tão rígido na pista para não dar um ar de desfile oficial. Tem gente que se ajoelha na pista, até beija o chão – aponta. Informal mas com ar de seriedade. O ensaio técnico é um importante meio de divulgação do carnaval, uma vez que o Rio já recebe uma infinidade de turistas no verão e dessa forma pode explorar os treinos das escolas para promover o grande dia que é o desfile oficial. Essa visão é compartilhada pelo vice-presidente da Mocidade, Rodrigo Pacheco. – Se formos estruturar essa questão do fomento ao turismo na cidade do Rio, as escolas de samba têm um papel central. A Mocidade possui torcedores espalhados pelo Brasil e criamos recentemente as delegações. O ensaio técnico é importante nesse sentido porque a pessoa vai lá e já pode sentir o desejo de voltar no carnaval em uma próxima oportunidade. Por isso defendo que a taxa de turismo seja repassada ao carnaval em janeiro e fevereiro – sugere o jovem gestor. Crise ameaça continuidade: Os ensaios técnicos foram duramente atingidos pela crise, como acontece com outras áreas de atividade cultural e turística no combalido Rio de Janeiro. Tanto que somente em 15 de janeiro eles terão início, quando já começaram em outros tempos no início de dezembro.

Para as escolas há também um exorbitante gasto apenas para colocar a agremiação na pista, como conta Junior Schall, diretor de carnaval da Vila Isabel. – Não está em cogitação deixar de realizar nosso treinamento na avenida, entretanto, não se fala em menos de R$ 80 mil para colocar uma escola na Sapucaí para ensaiar. A saída sempre está na criatividade e nas parcerias – ressalta o dirigente. Desde 2014 todas as agremiações tanto do Especial quanto da Série A se apresentam nos ensaios técnicos. E de 2012 para cá as datas se escassearam. Até aquele ano os treinos tinham início em dezembro e pausavam apenas para as festas de fim de ano. As sextas-feiras também eram utilizadas para os ensaios, o que nos últimos anos foi abolido, segundo os órgãos competentes para não causar gargalos no trânsito em dia de intenso deslocamento. O certo é que o coração do sambista bate forte quando este volta a pisar no seu templo.

Publicado em Samba Tenta Driblar Crise Do Turismo | Com a tag , , , , , , , , , , , | Deixar um comentário