Turismo esportivo reduz efeito sazonal

Não bastassem os exageros da natureza, que o presenteou com cartões-postais admirados mundialmente, como se pode comprovar com a vinda de visitantes europeus, asiáticos, além da grande presença de israelenses, especialmente neste período de julho e agosto, o município de Lençóis, na Chapada Diamantina, investe agora no turismo esportivo. Mas como o número de hospedarias tem crescido, a demanda é insuficiente, daí a necessidade de captação de visitantes de cidades vizinhas com a hospedagem de delegações esportivas que vão aumentar a taxa de ocupação neste período de baixa estação, graças à participação da seleção lençoense na Copa Chapada Forte, realizada entre os municípios da região.

Depois de arrancar um empate de zero a zero em Wagner, na estreia, os lençoenses buscam agora enfrentar Marcionílio Souza, município que mantém com Lençóis uma forte aliança desde os anos 1920, quando o coronel Horácio de Mattos comandava a política regional.

A expectativa é que a realização das partidas incentive o fluxo de visitantes à cidade, aproveitando-se os torcedores vizinhos dos roteiros turísticos oferecidos pelas agências de viagens e guias turísticos. Em Lençóis, os jogos serão realizados no altiplano do Campo do Tomba, localizado no bairro do Tomba-Surrão.

Com a obra de requalificação da quadra municipal do Tomba, e o planejamento para a construção do seu mando de campo, os organizadores das competições terão mais oportunidade de apoiar a principal atividade econômica da região. Além de fortalecer o desporto, o objetivo é buscar meios de reduzir o impacto da sazonalidade do turismo, que oscila entre os grandes contingentes de visitantes, nos feriadões, períodos de festas e férias escolares, e a dificuldade nas épocas mais frias. “Eu não sou xenófobo, mas na minha casa entra quem eu quero.

É suspeito apenas, sai daqui. Já tem bandido demais no Brasil” Jair Bolsonaro, presidente do Brasil, ao defender ontem a portaria publicada esta semana pelo ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, que permite a deportação “sumária” de estrangeiros considerados “perigosos”. Mosca-das-frutas: Segundo maior produtor de frutas do País, com mais de 3,3 milhões de toneladas por ano, e superado apenas por São Paulo, o Estado da Bahia enfrenta um inimigo minúsculo, que pode tornar-se um grande risco à expansão dos negócios, principalmente para países do exterior. Trata-se da mosca-das-frutas, principalmente a Anastrepha sororcula, que ameaça os cultivos de manga, destaque da produção de Juazeiro e Casa Nova, no norte do estado. Engenheiros agrônomos participaram de duas capacitações esta semana em Juazeiro, para aprimorar ações de combate e evitar problemas com a exportação.

Os minicursos tiveram a participação de instrutores e fiscais estaduais do setor agropecuário, pesquisadores da Embrapa e representantes do Ministério da Agricultura. POUCAS & BOAS: Termina amanhã o prazo para servidores públicos federais e professores da rede pública estadual ou municipal se inscreverem para trabalhar na Rede Nacional de Certificadores (RNC) no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A inscrição deve ser feita no Sistema RNC. A oportunidade é para atuar como certificador em um ou nos dois domingos de aplicação do Enem (3 e 10 de novembro).

Os certificadores são representantes do Inep em todos os locais de prova e são responsáveis por conferir vários procedimentos. O valor pago é de R$ 342 por dia. Acontece hoje em Ilhéus a tradicional procissão fluvial em homenagem a Senhora Sant’Ana, com saída da Colônia Z-19, na baia Pontal, às 8h. O destino é a localidade Rio do Engenho, distrito: distante 17 km da cidade, onde tem missa solene a partir das 10h.

O lugar foi a sede, a partir de 1548, do primeiro engenho de açúcar e aguardente da Capitania. As ruínas do engenho e o santuário de Senhora Sant’Ana se encontram tombadas pelo Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). A festividade é considerada uma das manifestações mais antigas da igreja católica de Ilhéus e encerra a programação alusiva aos 485 anos de emancipação política. Em Santa Maria da Vitória acontece hoje uma prova de seleção para os candidatos ao Conselho Tutelar da cidade, a partir das 8h na Escola Estadual Rolando Laranjeira Barbosa. A prova faz parte da primeira fase do processo seletivo e vai testar os conhecimentos específicos sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente.

Esta entrada foi publicada em Turismo Esportivo Reduz Efeito Sazonal e marcada com a tag , , , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *