Queda do dólar incentiva viagens ao exterior.

queda-do-dolar-incentiva-viagens-para-o-exterior

Aumentou em cerca de 50%, conforme estimativas do setor, a procura por viagens ao exterior junto às agências de turismo de Sorocaba. A maior demanda foi determinada pela variação do dólar que começou o ano cotado a quase R$ 4, mas terminou o primeiro semestre no patamar de R$ 3,20. +Dirigente do Ciesp defende equilíbrio na cotação do dólar. Os empresários consultados pela reportagem disseram que muitas pessoas viajariam no ano passado, mas reviram os planos justamente em razão da alta cotação da moeda norte-americana. As viagens internacionais, mesmo para outros países que não os Estados Unidos, são cotadas em dólar. “Tem, sim, muita gente viajando agora. Melhorou significativamente”, confirmou o empresário José Alberto Marques da Silva, da B. Tour Turismo. Os Estados Unidos e países da Europa são os destinos que detêm a preferência de quem viaja. No primeiro caso, Orlando, mais exatamente Disney, na Flórida, está entre os destinos mais solicitados. Foi para lá que viajaram o professor Sergio Coelho, a esposa Maria de Lourdes e a filha Lívia. Eles, que já foram para Nova Iorque em 2015, decidiram aproveitar o momento favorável e embarcaram ontem para um período de 17 dias de férias. “Sem dúvida, o preço do dólar ajudou e nós pudemos viajar. Com a atual crise, é preciso ter muita cautela e esperar o melhor momento. Felizmente, conseguimos. Eu espero que essa situação aponte para uma tendência de melhora da situação, de retomada do crescimento e que traga mais empregos para todos”, afirmou Sergio. Outra vantagem oferecida aos turistas é a possibilidade de comprar o pacote ao preço do dia, mesmo programando a viagem para depois. Essa condição, somada ao parcelamento também conta na hora da escolha e da decisão. “Quem viaja está mais cuidadoso e, por isso, adotamos estratégias para garantir o melhor atendimento”, acrescenta Marques da Silva.O empresário recomenda para aqueles que ainda pensam em fazer uma viagem internacional daqui a três meses, por exemplo, que dividam a compra, adquirindo dólares em quantidades fracionadas ao mês. Dessa forma, explica ele, o turista terá comprado a moeda pelo valor médio daquele período.

Esta entrada foi publicada em Queda Do Dolar Ajuda A Viajar Para O Exterior e marcada com a tag , , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *