Diária sem pernoite estimula procura por hotéis.

diarias-sem-pernoite-estimula-procura-por-hoteisSeja para lazer ou para reunião de negócios, serviço sob medida aumenta as opções para viajantes e beneficia os meios de hospedagem, especialmente em períodos de menor procura.está ganhando espaço no mercado uma opção de hospedagem chamada day use, que permite aos turistas usufruírem da estrutura do hotel ou pousada sem que, para isso, tenham que passar a noite no local. As vantagens incluem, por exemplo, a possibilidade de aproveitar a piscina e a estrutura de lazer a um preço mais baixo do que o pago pelo hóspede tradicional.

O desconto pode variar de 15% a 40%. A advogada pernambucana Giovana Mattos, de 41 anos, já experimentou três hotéis do sul do país na opção day use. A opção, segundo ela, é excelente para aqueles que desejam aproveitar o dia, uma sauna, um parque aquático ou um parque de diversões ligado a um hotel. “Para mim, é excelente porque tenho crianças – e os hotéis melhores costumam investir em lazer. Eu não poderia arcar com pernoites para cinco pessoas”, afirma. Hotéis próximos a aeroportos se especializaram nesse filão: eles passaram a permitir que o viajante use o quarto durante o dia para reuniões, entre um voo e outro. Uma rede internacional de hotéis oferece o day use em duas unidades de São Paulo, com preços 15% mais baixos do que o da diária tradicional. O perfil de clientes desse serviço vai do turista de negócios em busca de uma sala de reuniões até famílias interessadas em lazer. Em geral, esse tipo de tarifa vale para estadias das 12h às 18h, mas pode variar de hotel para hotel.

Adriana Pinto, presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Distrito Federal (ABIH-DF), afirma que o serviço day use beneficia tanto hóspedes como as redes de hotéis: para os estabelecimentos com boa infraestrutura é uma oportunidade para aumentar o faturamento, além de alcançar clientes que jamais procurariam o hotel caso não houvesse essa opção de tarifa, como os moradores da própria cidade. A presidente da ABIH-DF ressalta, entretanto, que durante períodos de alta demanda é mais difícil para o hotel manter o serviço, daí a necessidade de agendar com antecedência a contratação do day use, pois a procura por pernoites é maior. Adriana acrescenta que há também a opção do late checkout, que permite ao hóspede estender a estadia sem ter que pagar um novo pernoite. Os preços variam de acordo com o hotel, mas, em média ,o preço do late checkout é de 50% da diária comum.

Esta entrada foi publicada em Diárias Em Hoteis Sem Pernoite e marcada com a tag , , , , , , , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *