Venda on-line de passagens de ônibus deve bater 9,7 mil.

A venda de passagens de ônibus on-line alcançou participação de 6% do total, crescimento de um ponto percentual em relação a 2016, de acordo com estimativa do estudo E-Rodoviário 1º Semestre, desenvolvido pela plataforma de vendas Clickbus. Até o final do ano, esse mercado deve movimentar mais de R$ 916 milhões com 9,7 milhões de passagens de ônibus, vendidas em sites de passagens rodoviárias ou de empresas do setor. Segundo o estudo, há chances de crescimento maior em virtude da Resolução 5.396 da ANTT (Agencia Nacional dos Transportes Terrestres), que flexibiliza as regras para a prática de tarifa promocional no setor de transporte rodoviário. Segundo capítulo do arquivo, essa resolução “aumentará a competitividade e beneficiará os passageiros e as empresas de ônibus”. “Incentivos, conexões e outras práticas já comuns em outros setores de Turismo e no e-commerce já foram trazidas para o setor rodoviário. Agora, com a nova regulamentação, o yield management também poderá ser aplicado”, afirma o CEO da Clickbus, Fernando Prado. “Isso significa que as empresas de ônibus poderão oferecer passagens com descontos sem ter que passar pela aprovação da ANTT. Antes a comparação de preços para economizar na viagem não era tão necessária, mas agora o passageiro rodoviário já consegue perceber uma diferença de preços na compra antecipada”, explica. A pesquisa também concluiu que houve algumas mudanças no comportamento de compra do viajante de ônibus na internet. Neste período, 32% das compras de passagens de ônibus compradas pela internet foram feitas pelo celular, um aumento de 40% em relação ao mesmo período do ano anterior, que registrou 23% em compras mobile. Além disso, o embarque às sextas-feiras e as compras efetuadas às 11h superaram embarques aos domingos e compras às 14h, que representavam uma parcela maior nas duas últimas edições do E-Rodoviário. O CEO informou também que, por ano, 160 milhões de brasileiros embarcam em viagens rodoviárias em ônibus de mais de 190 empresas, chegando a mais de 4.600 destinos. “Aos poucos, o setor rodoviário migra cada vez mais para o on-line: mais empresas de ônibus lançam sites e aplicativos, mais agregadores de viagens vendem passagens de ônibus e mais brasileiros compram seus bilhetes pela internet. A penetração on-line de 6% parece pouco, mas em 10 anos deve chegar a mais de 50%”, conclui Prado.

Esta entrada foi publicada em Venda On-line De Passagens De Ônibus. e marcada com a tag , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *