Turismo sustentável quer aproveitar megaeventos(Copa do Mundo e Olimpíadas) no Brasil para crescer

A relação entre turismo sustentável e megaeventos esportivos, como a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016, pode traze resultados positivos para os produtores orgânicos brasileiros, segundo a diretora do Planeta Orgânico, Maria Beatriz Martins Costa. Como exemplo, ela citou o programa Talentos do Brasil Rural, desenvolvido pelos ministérios do Desenvolvimento Agrário e Turismo e “voltado à inserção dos produtos orgânicos e ecológicos no turismo, sobretudo no agroturismo.”

O programa tem abrangência nacional e foco nas cidades que vão sediar a Copa de 2014. Ele prevê a qualificação de cerca de 125 empreendimentos da agricultura familiar, envolvendo trabalhos ligados ao artesanato, à agroindústria e ao turismo, de acordo com o Ministério do Turismo.

O evento Rio Orgânico/Mesa Tur, que o Planeta Orgânico e a Sociedade Nacional de Agricultura (SNA) promovem nesta capital no próximo dia 19, pretende aproximar as pousadas e hotéis para fomentar o mercado local de orgânicos, disse Maria Beatriz. “Os produtores locais próximos às pousadas servem esses estabelecimentos. É a melhor coisa a fazer, porque estimula o mercado local.”

Ela reafirmou também que isso serve para promover o mercado regional, agregando valor aos produtos que têm identificação geográfica, como o vinho da Região Sul do país. “A gente quer trabalhar isso, valorizando os mercados locais e regionais”.

Esta entrada foi publicada em Padrão. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *