Turismo se mobiliza contra a exploração sexual de crianças.

turismo-se-mobiliza-contra-a-exploração-sexual-de-crianças

As estratégias para enfrentar a prevenção da exploração sexual de crianças e adolescentes no turismo foram debatidas neste sábado (7) na 41º edição da Feira de Turismo das Américas, em São Paulo.

O coordenador geral de Turismo Sustentável e Infância do Ministério do Turismo, Adelino Neto, falou sobre a importância de um canal direto de comunicação entre a sociedade e o poder público, o disque 100, que atende e encaminha denúncias de violência sexual contra crianças e adolescentes.

“Pretendo sensibilizar e estimular representantes do turismo a enfrentar crimes como estes”, disse o coordenador. Para isso, é necessário mobilizar toda a cadeia do turismo, especialmente aqueles que estão em contato direto com os turistas, como taxistas, recepcionistas de hotéis, garçons e agentes de viagem.

No Brasil, a exploração sexual de crianças e adolescentes ocorre principalmente em regiões litorâneas, em fronteiras estaduais e internacionais. A criança explorada em geral é pobre e tem baixa escolaridade, e pode ser conduzida à prostituição pelos próprios parentes, em busca de melhores condições de vida. O explorador costuma ser do sexo masculino, tem entre 20 e 40 anos e viaja sozinho ou na companhia de outros homens.

No ano passado, foram registradas 18,3 mil denúncias no país, e, em 2011, 10,2 mil denúncias. O estado que apresentou o maior número de denúncias foi o Rio de Janeiro (1951), seguido pela Bahia (1942) e por São Paulo (1826). Os dados são da Secretaria de Direitos Humanos. “Existem mais de 70 mil sites que oferecem pacotes de viagem para o Brasil onde está explícito ou induz o turista a acreditar que as crianças, meninas e até mesmo mulheres estão disponíveis”, disse Adelino.

Feira da Abav
Realizada pela Associação Brasileira de Agências de Viagens, acontece entre os dias 4 e 8 de setembro e reúne visitantes e expositores que representam operadores emissivos e receptivos, companhias aéreas, hotéis, agentes de viagens, locadoras de automóveis, transportadores rodoviários, empresas do mercado financeiro e de cambio e consumidor final. Neste fim de semana está aberta gratuitamente para idosos.

Esta entrada foi publicada em Turismo Se Mobiliza Contra Exploração Sexual e marcada com a tag , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *