Turismo financia cidades que não têm potencial turístico

No Amazonas, a cidade que mais recebe turistas é Parintins, devido ao maior festival de boi-bumbá do país. Mas, em recursos federais, o município ficou apenas na quarta posição naquele estado, com R$ 5,9 milhões nos últimos 15 anos, atrás de Manaus (R$ 85 milhões), Borba (R$ 7 milhões) e Rio Preto da Eva (R$ 6,5 milhões), onde a maior atração é a Feira da Laranja.

Segundo levantamento feito pelo jornal O Estado de S. Paulo, o dinheiro não vai necessariamente para atividades turísticas e serve para tapar buracos de investimentos não feitos por outras pastas, como Cidades, Transportes e Integração Nacional.

É o caso de Barra de São Miguel, em Alagoas. Lá, R$ 46 milhões foram gastos não para fomentar empreendimentos turísticos, mas em saneamento básico e construção de um sistema de abastecimento de água.

Como ainda faltaram recursos, o ex-deputado Augusto Farias (PSC-AL) descarregou suas últimas emendas para completar as obras.

Fonte: Bahia Notícias

Esta entrada foi publicada em Amazonas, Manaus, turismo e marcada com a tag , , , , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *