Turismo e aventura na rota do Piocerá, maior rally de regularidade da América Latina

Com roteiro e programação prontos, o Piocerá, maior rally de regularidade da América Latina, se prepara para mais uma edição, a dos 24 anos, de 23 a 29 de janeiro de 2011. A novidade, sem dúvida, é a escolha do roteiro, idealizada desde o mês de março deste ano pela organização do evento, a Radical Produções. Desta vez, o percurso seguirá a Rota das Emoções, um projeto turístico nacional apoiado pelo Ministério do Turismo e que engloba várias atrações turísticas dos estados do Piauí, Maranhão e Ceará. Este destino foi eleito em 2009 pelo Ministério do Turismo o melhor roteiro do Brasil.

Outra novidade da próxima edição é o retorno ao estado do Maranhão, como ocorreu nas edições de 1998 e em 2004. A programação do evento começa por Teresina, capital do Piauí; depois segue para Barreirinhas, capital do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses. A competição retorna para o Piauí, agora para Parnaíba, no litoral piauiense, porta de entrada para o único delta em mar aberto do continente americano. O destino seguinte é o Ceará, com parada em Ubajara, que abriga o menor, mas também um dos mais charmosos parques nacionais do país e, por fim, adentra o litoral cearense pela costa oeste, para encerrar o Piocerá em Jericoacoara, um dos points mais buscados por turistas do mundo inteiro.

Como já é tradição em anos ímpares, quando o evento larga do Piauí, portanto chamado de Piocerá, a concentração começará em Teresina, cidade planejada e conhecida por seus parques ambientais, entrelaçados por dois importantes rios, o Parnaíba e o Poty. Teresina já foi cantada em prosa e verso por Caetano Veloso, mostrando uma de suas delícias da cidade, a bebida “cajuína cristalina”, em homenagem a um dos ícones do movimento Tropicália, o piauiense Torquato Neto. A cidade também já foi intitulada Cidade Verde e hoje é pólo de eventos e serviços nas áreas de saúde, educação, além de fortes manifestações folclóricas e culturais. Com mais de 800 mil de habitantes, Teresina se desenvolve a cada dia, deixando de ser uma menina para se tornar grande, mas sempre com aquele calor humano que lhe é peculiar.

Um dos lugares mais bonitos e intrigantes do país é o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, em Barreirinhas, a 399 Km de São Luís, capital do Estado. A cidade cresce com o aumento do turismo. A rede hoteleira já comporta resorts fascinantes que atendem a todos os gostos, além de pousadas de todos os portes. O lugar é de estremecer, afinal são 155 mil hectares de beleza selvagem, formado por água que refletem o azul do céu e dunas brancas, que do alto mais parece um lençol a secar ao vento. Devido a chuvas em quase todo o ano, centenas de lagoas são formadas entre as dunas, mais parecendo oásis no deserto. É proibido qualquer tipo de edificação no parque e até mesmo a entrada de veículos motorizados.

O litoral do Piauí é o menor do Brasil, com 66 Km de praias. Apesar de pequeno, a maioria das praias, situadas no município de Luís Correia são bastante procuradas, afinal águas limpas e quentes e areia branquinha são as atrações dos banhistas e também de atletas que adoram esportes radicais, como o kite surf. Em Parnaíba, a 18 Km de Luís Correia, um paraíso aguarda os visitantes do Piocerá: o Delta do Parnaíba. Único nas Américas e apenas um dos três únicos existentes no planeta, os outros são o do Rio Nilo, na África, e o do Rio Mekong, na Ásia. Imaginem um único lugar que concentra praias, mangues, rio, lagoas, igarapés, ilhas e ilhotas e uma fauna e flora únicas no planeta.

Parnaíba é o portal de entrada para o Delta, que atinge os dois estados, Piauí e Maranhão. Ao tentar chegar ao Oceano Atlântico, o Rio Parnaíba se divide em vários braços, formando mais de 80 ilhas, no formato de um grande triângulo invertido, que se assemelha a letra delta do alfabeto grego. Os passeios são constantes e podem ser feitos em grandes embarcações e também em lanchas.

A caravana do Rally Piocerá entrará no Ceará. O primeiro pernoite será em clima totalmente diferente dos anteriores, pois estaremos há mais de 800 metros acima do nível do mar, em clima serrano e de temperaturas médias de 17 a 28 graus. Terra de muita neblina, cachoeiras e de bela vegetação, o lugar é procurado pelos turistas que buscam a tranquilidade e também as trilhas do Parque Nacional de Ubajara, na serra da Ibiapaba, que está incluída no Circuito Serras Nordeste. Passeios em trilhas a pé ou de teleférico são uma aventura única, com direito a visitação na famosa gruta de Ubajara e a vista de imensidão da área de Mata Atlântica do parque, totalmente preservada.

Mas a prova continua e o destino final é Jericoacoara, a 300 Km da capital do Ceará, Fortaleza. Jeri é uma espécie de vila do município de Jijoca, um lugar rústico, que respira beleza e diversidade. Pessoas de várias nacionalidades lotam a cidade em períodos de férias, em busca das maravilhas das praias e do estonteante pôr-do-sol, que já foram notícias em importantes veículos de imprensa do mundo. A praia de Jericoacoara foi considerada, inclusive, uma das dez mais bonitas do planeta.

Quem vai a Jeri geralmente se encanta. A Lagoa de Jijoca é outro atrativo do local, que é protegido por lei federal e a preocupação da organização do Piocerá é de que os participantes preservem a área durante os dois dias que passarem por lá, mas que certamente deixarão saudade e marcarão mais uma edição do maior rally de regularidade da América Lati. As inscrições estão abertas pelo site oficial www.piocera.com.br.

Esta entrada foi publicada em Ceará, Maranhão, Piauí, turismo, Turismo de Aventura e marcada com a tag , , , , , , , , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *