Segurança no carnaval do Rio – Carnaval de rua do Rio de Janeiro será monitorado por dirigível

O principal evento do calendário do Rio de Janeiro, o carnaval, deverá reunir pelo menos 850 mil turistas na cidade, movimentando a economia em US$ 628 milhões. A festa não se resume mais aos desfiles no Sambódromo com a retomada dos blocos carnavalescos nas ruas do Rio.

Durante o período de 2 a 16 de fevereiro, serão realizados 151 desfiles de blocos de rua em todas as regiões da cidade, totalizando um público estimado de 792 mil foliões. Neste período serão utilizados 2.150 banheiros químicos, além de outros 50 contêineres.

A novidade para o ano é o mapeamento dos blocos e o patrulhamento aéreo dos mesmos realizado por um dirigível. O veículo não tripulado sobrevoará as rotas da folia por até três horas numa altura de 30 metros do solo. Um gás não inflamável, inodoro e não tóxico modela o formato do “zepelim”, dotado de um motor elétrico silencioso e guiado por controle remoto.

O novo equipamento auxiliará ainda mais no monitoramento da cidade, que já conta com 560 câmeras instaladas nos principais pontos do município. Já a Secretaria Especial da Ordem Pública (Seop) contará com o efetivo de 2.097 pessoas (divididos em turnos), entre guardas municipais e agentes da Seop. Os agentes atuarão na concentração, desfile e dispersão dos blocos de rua, coibindo a presença de ambulantes não autorizados, retirando as estruturas da área de concentração para que as apresentações dos blocos ocorram com mais fluidez e reprimindo foliões que teimam em fazer xixi em vias públicas. A Seop estará atuando com oito reboques para coibir o estacionamento irregular nas áreas de desfile dos blocos.

O quantitativo dos blocos estará dividido da seguinte forma, de acordo com a região da cidade: Zona Sul (145); Zona Oeste (32); Zona Norte (63); Tijuca (43); Centro (76); Ilha do Governador (22); Barra da Tijuca/Jacarepaguá (44). Para o Carnaval 2012, as regras foram adaptadas e a Riotur limitou o tamanho e a potência dos carros de som utilizados durante os desfiles dos blocos. Alguns blocos foram remanejados de uma região para outra, buscando diminuir a grande concentração na Zona Sul.

No Carnaval 2011, foram 4,9 milhões de pessoas desfilando nos blocos de rua pela cidade.

Esta entrada foi publicada em Carnaval 2012, Eventos, Rio de Janeiro e marcada com a tag , , , , , , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *