Recorde de turistas em cruzeiros na semana do Natal em 2011 – Rio de janeiro espera mais de 700 mil pessoas

A temporada de cruzeiros no Rio de Janeiro começou em outubro prometendo quebrar recordes. Até abril são esperados 700 mil turistas vindos de diversos Estados brasileiros e de outros países. Por conta da grande procura pela Cidade Maravilhosa, o final de semana do Natal será o melhor dos últimos 14 anos: 67 mil turistas marítimos chegam ao Terminal Internacional de Cruzeiros do Píer Mauá.

Nesse final de semana, a capital fluminense vai receber 13% mais visitantes quando comparado com a semana do dia 17 a 24 de dezembro. Ao todo, eles injetarão na economia mais de US$ 20 milhões (cerca de R$ 34,6 milhões) no período, segundo cálculo realizado pela Associação Brasileira dos Operadores de Turismo Receptivo Internacional, cujas pesquisas apontam que cada turista marítimo gasta, em média, US$ 300/dia.

O Píer Mauá receberá no período 22 navios. Destes, cinco são de longo curso (cruzeiros internacionais). Os dias 18 e 24 serão os de maior movimentação no terminal, com a chegada de cinco transatlânticos em cada dia.

Todos os visitantes serão recebidos em grande estilo. A Prefeitura do Rio montou um esquema especial para atender a demanda esperada para o Natal. Brasileiros e estrangeiros serão recepcionados com tapete vermelho. Diversos guardasmunicipais e fiscais de posturas organizarão o trânsito durante o embarque e o desembarque dos ocupantes dos transatlânticos.

A ação é realmente necessária. Todos querem evitar as famosas filas de três horas para o desembarque na alfândega. Além disso, apesar do bom momento, o porto da cidade ainda conta com alguns problemas.

Entre eles, o transporte de passageiros é feito por ônibus ou vans (sistema shuttle) para navios que são atracados além do terminal. Não é a melhor forma para se deslocar passageiros dentro de um porto, pois estes podem ficar muito tempo esperando em longas filas, no caso do Rio, embaixo de sol forte, ou ainda, enfrentar rajadas de chuvas no final do dia.

Anvisa amplia fiscalização

A perspectiva de número recorde de visitações fez com que a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) iniciasse uma série de reuniões desde outubro deste ano para orientar todos os portos do país sobre fiscalização sanitária. A intenção é melhorar os procedimentos dos funcionários alfandegários e evitar incidentes durante a temporada.

Durante a chamada temporada dos cruzeiros, que só termina em abril, serão ao todo 203 atracações no Porto do Rio, com movimentação de 700 mil turistas, que irão injetar na economia do município cerca de US$ 210 milhões (R$ 357 milhões).

Essa expectativa é, em grande parte, de olho no poder de consumo da nova classe média brasileira. Segundo dados da Abremar (Associação Brasileira de Cruzeiros Marítimos), a melhoria de renda e os planos de ampliar gastos com turismo e lazer fizeram o grupo se tornar a “menina dos olhos” dos operadores. A cada grupo de dez passageiros que entram nos navios, quatro são da classe C.

Rio concorre com Dubai

Muitas cidades portuárias estão observando um crescimento no número de visitantes, mas em nenhum dos casos as taxas são tão expressivas quanto no Rio e seu atual rival, a metrópole Dubai, nos Emirados Árabes Unidos.

Atrás do Rio, Dubai se tornou o segundo maior destino emergente em expansão. Em 2009 recebeu quase cem navios, que carregaram 260 mil turistas. No ano seguinte, as atracações foram a 120 (com 325 mil viajantes), aumento de 20%. Em 2011, os números oficiais ainda não estão fechados, mas a expectativa é de crescimento de 30%, ou seja, 421 mil turistas.

O mais impressionante é a capacidade de Dubai atrair visitantes mesmo sendo um canteiro de obras a céu aberto. Com o porto da cidade não é diferente: ele nem está pronto e funciona com uma série de tendas, no melhor estilo beduíno no deserto.

No caso carioca, as obras na zona portuária incomodam um pouco o embarque e desembarque de passageiros na região, mas para facilitar o fluxo, o Píer Mauá desenvolveu uma série de ações para melhorar a movimentação dentro de suas instalações.

Entre as medidas adotadas estão a criação de novos bolsões e acessos para a circulação dos ônibus de turismo e a ampliação das vagas para estacionamento.

Esta entrada foi publicada em Rio de Janeiro, turismo e marcada com a tag , , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *