Promoções para Copa do Mundo de 2014 – Embratur já tem plano para promoção no Brasil

O presidente da Embratur, Flávio Dino, apresentou o planejamento de promoção turística internacional do Brasil para a Copa do Mundo de 2014. A Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo) elaborou uma estratégia de promoção internacional de olho nos potenciais turistas da Copa do Mundo 2014. O foco de atuação está na ampliação do conhecimento do Brasil como um destino turístico com diversidade e atrativos para todos os públicos: família, negócios, lazer, aventura e esporte.

Para o presidente do Instituto, Flávio Dino, a Copa do Mundo será como uma grande vitrine do país no exterior e corresponde a um salto no desenvolvimento do turismo e da infraestrutura. “É o grande momento do turismo do Brasil e temos que aproveitar a oportunidade para estimular o turista internacional a vir para o país e visitar mais destinos além das cidades-sede”.

O planejamento de promoção, apresentado na 20ª Reunião Extraordinária do FORNATUR (Fórum Nacional dos Secretários e Dirigentes Estaduais de Turismo), traz informações sobre os países considerados prioritários para a atuação da Embratur e as fases de trabalho que começam a ser desenvolvidas agora, em 2011, e vão até 2014, o ano da Copa.

Segundo Dino, o trabalho a ser desenvolvido nos próximos dois anos é fundamental para alcançar os resultados esperados. “Vamos começar o trabalho pela etapa “organização e transformação”, que inclui o fechamento de parcerias que resultem em melhorias em infraestrutura e serviços turísticos”.

Dino acrescentou que a fase seguinte é de ”atração”, onde serão intensificadas as ações de promoção da imagem do país para atrair os olhares do mundo para o Brasil. Ele destacou que o Brasil possui algumas características marcantes, como a fama internacional de um povo feliz e acolhedor e as infinitas belezas naturais.

“Devemos concentrar os esforços em mostrar que também somos um país moderno, que vem fortalecendo sua economia, investindo na estrutura e na melhoria dos serviços”, ressaltou Dino. Para ele a mensagem-chave é celebrar as conquistas e os atributos do Brasil e aproveitar o momento para exaltar nossas capacidades.

Perfil do Turista da Copa

A política de promoção turística da Embratur levou em consideração algumas conclusões apresentadas pela pesquisa “Perfil do Turista da Copa”, produzida pelo Ministério do Turismo e Fundação Getúlio Vargas (FGV). O documento foi elaborado com base em entrevistas realizadas com os turistas da Copa do Mundo de 2010, na África, e traz dados importantes que podem direcionar a atuação do Brasil.

Uma das informações relevantes é a de que o turista da Copa visitou em média 3,8 cidades além do local em que foi assistir aos jogos, um número positivo que inspirou o eixo principal da promoção turística brasileira no mercado internacional: o estímulo para que os visitantes estrangeiros do evento conheçam outros destinos. “Queremos que o turista venha antes, viaje pelo Brasil e permaneça após a realização dos jogos”, acrescentou o Presidente.

Para a produção da pesquisa foram ouvidas 4.385 pessoas, e desse total 83% pretendia fazer turismo adicional, 75% estava assistindo a uma Copa pela primeira vez e 70% afirmou que o fato do Brasil ser a próxima sede vai influenciar positivamente a decisão de assistir aos jogos. Outro dado relevante para a promoção turística do Brasil no exterior: 92% sabiam que a próxima Copa será realizada aqui.

Fonte: Embratur

Esta entrada foi publicada em Padrão e marcada com a tag , , , , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *