Paripueira – Paraíso em Alagoas

Paripueira é um município brasileiro do estado de Alagoas. Sua população estimada em 2004 era de 8.633 habitantes. Faz parte da Região Metropolitana de Maceió.

Município turístico em língua tupi, “paripueira” significa “águas mansas”. O município tem como atração belas praias com piscinas naturais, como a Praia de Sonho Verde, que se destaca por sua beleza e por sua infra-estrutura. É nesse recanto ecológico que se refugia o peixe-boi, espécie em extinção, aqui protegido pelo Parque Municipal Marinho de Preservação do Peixe-Boi, único na América Latina.

Praia de Paripueira
Possui 25 piscinas naturais, formadas pelos recifes de corais. E na maré baixa é possível andar quilômetros mar adentro com água pelos joelhos.
Área de Proteção Ambiental protegida por lei federal. Um trabalho de educação ambiental esta sendo desenvolvido pelo turismo local.
Complexo turístico com restaurante, recreação, barcos fazem parte da infra-estrutura
Praia de Sonho Verde
Emoldurada por muitos coqueirais, talvez a tamanha beleza justifique o nome da praia.
As águas tranqüilas, onde encontramos formações de recifes de coral, excelente para banho.
Tem estrutura de bares rústicos, que servem pratos típicos.

Praia de Paripueira Possui 25 piscinas naturais, formadas pelos recifes de corais. E na maré baixa é possível andar quilômetros mar adentro com água pelos joelhos.
Área de Proteção Ambiental protegida por lei federal. Um trabalho de educação ambiental esta sendo desenvolvido pelo turismo local.
Complexo turístico com restaurante, recreação, barcos fazem parte da infra-estrutura
Praia de Sonho Verde Emoldurada por muitos coqueirais, talvez a tamanha beleza justifique o nome da praia.
As águas tranqüilas, onde encontramos formações de recifes de coral, excelente para banho.
Tem estrutura de bares rústicos, que servem pratos típicos.

História

Formou-se a partir de uma colônia de pescadores e cresceu por causa da proximidade com Maceió e após ser descoberta como área de veraneio. O povoado sofreu influência holandesa durante a invasão. Em 1635, o coronel de origem polonesa Crestofle d’Artischau Arciszewski, a serviço da Companhia Neerlandesa das Índias Ocidentais levantou ali um grande campo fortificado, os Redutos da Praia de Paripueira, apoiado nos rios Santo Antônio Grande e São Gonçalo, com vistas a guardar a extremidade sul dos domínios holandeses, além de barrar as incursões da guerrilha luso-brasileira. Em uma pesquisa arqueológica nas ruínas de um forte, foram encontradas mais de seis mil peças.
A expansão turística fez o povoado, que pertencia à Barra de Santo Antônio, crescer e ganhar importância, fazendo com que alguns moradores iniciassem um movimento pela emancipação política. José Vasco, José Dadi, Hamilton Monteiro e Lamenha Filho foram importantes nesse processo. Com isso, o município terminou criado pela Constituição Estadual de 1988. Ações judiciais questionaram a constitucionalidade do processo até 1990, quando houve um plebiscito, mas só em 1991 é que Carlos Alberto Costa foi nomeado administrador público. Em maio, uma nova liminar cassou a transformação do município, mas o STF manteve a decisão inicial.
Hoje, Paripueira é uma cidade que recebe milhares de turistas ávidos por desfrutar a tranqüilidade de suas praias. A cidade convive também com a alegria das festas carnavalescas, promovendo um dos maiores carnavais do Estado, além da tradicional Festa de Santo Amaro, em janeiro, em homenagem ao padroeiro local. As festas da Agulha e da Lagosta também são prestigiadas.

Geografia

Limites: Barra de Santo Antonio, Maceió, São Luiz do Quitunde e Oceano Atlântico. 5 metros acima do nível do mar.
Área: 94,1 km²
Clima: Subtropical quente e úmido. Máxima de 36°C e mínima de 23°C.
População: 8.053 habitantes.
Eleitorado: 7.309 eleitores.
Economia: Pesca, turismo, cana-de-açúcar.
Educação: 2.030 vagas (redes estadual e municipal).
Saúde: 2 postos de atendimento.
Acesso: AL-101 Norte.

Turismo

Paripueira é uma das mais longas prais de Alagoas e na maré seca é possível andar quilômetros mar adentro com água pelos joelhos. É uma praia que tem muitos pescadores e muitas casas de veraneio e piscinas naturais.
A praia possui casas de venareio, pescadores e 25 piscinas naturais a 1 km da costa. É a maior concentração de piscinas naturais do mundo. As formações de corais na região são consideradas a segunda maior barreira de corais do mundo.

Esta entrada foi publicada em Alagoas, Paripueira. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Uma resposta a Paripueira – Paraíso em Alagoas

  1. Linda Alagos com suas prais e povo maravilhos,sem duvida é um dos lugares mais lindo do mundo,vale qualquer esforço para visitar esta linda cidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *