O turismo do Brasil será beneficiado com redução das tarifas de energia

Medida acompanha um pacote de reduções anunciado recentemente
(foto: Filip Calixto)

Após ter divulgado um pacote de reduções sobre as taxas cobradas pela energia elétrica no País, a presidente Dilma Rousseff anunciou ontem (12) um corte de tarifas nos contratos estabelecidos entre concessionárias de energia e empresas atuantes no setor turístico e de hospedagem brasileiros. A renegociação permitirá redução de até 16,2% nas cobranças de fornecimento de eletricidade para empreendimentos deste nicho.

“É uma ótima notícia para o turismo brasileiro, já que aumentar nossa competitividade é um dos pontos-chave para alcançarmos nossa meta de 10 milhões de turistas estrangeiros”, comenta Flávio Dino, presidente do Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo). “A medida do governo federal vai gerar uma queda real dos custos da rede hoteleira, o que abre oportunidade para um ganho de competitividade”, complementa.

Durante o discurso no qual explicou a série de medidas, a presidente ressaltou que o governo federal irá antecipar a renovação das concessões das empresas de geração de transmissão e distribuição de energia que venceriam até 2017 e assim assegurar, já em 2013, uma redução de custos.

“Essas reduções poderão ser ainda maiores quando a Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) concluir os estudos, em março”, salientou Dilma, fazendo menção à renovação dos contratos, que será feita com redução dos ganhos das concessionárias, tendo de ser repassado o ganho aos consumidores.

Tendo interferência ou não na ação federal, o setor já havia intensificado a luta pela redução com ações junto ao poder público em ocasiões recentes. Em março, por exemplo, algumas entidades intercederam junto ao MTur (Ministério do Turismo) pela redução de impostos, e até mesmo o deputado José Rocha, eleito presidente da Comissão de Turismo e Desporto da Câmara dos Deputados, iniciou ações neste sentido.

As atitudes foram tomadas em resposta a uma medida do governo, que propôs algumas iniciativas que aumentariam o fluxo turístico do País.

Esta entrada foi publicada em Padrão e marcada com a tag , , , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *