Hotel.info: Especializada em serviços de reservas online gratuito para usuários corporativos – Viagens online ganham concorrente

Decolar.com, Mundi, Viajanet, TripAdvisor, Booking.com, Airbnb e várias outras agências e serviços de viagens online ganham mais um concorrente: a alemã Hotel.Info, especializada em serviços de reservas online e gratuito e voltada para usuários corporativos.

A empresa abre um escritório em São Paulo, o sétimo do mundo e o primeiro da América Latina, já com 500 clientes, resultado de contratos fechados com empresas globais. A intenção é tentar roubar uma fatia do mercado de turismo online, que, segundo estimativas, representa entre 11% e 15% do mercado total de turismo no Brasil, que estima-se que vai gerar 5,5 bilhões de dólares para o PIB nacional em 2012.

A presidente da empresa no Brasil, Ligia Centurión, diz que muitas companhias fazem acordos diretos com as redes de hotéis, mas preferem fazer as reservas pelo sistema do Hotel.Info, que facilita o agendamento e a checagem de disponibilidade. Em contrapartida, a empresa de origem alemã cobra comissão que na maioria dos casos varia de 12% a 18%.

O objetivo da Hotel.Info é aumentar o número de estabelecimentos cadastrados, de 1100 registrados hoje para 1500 até o fim do ano – o que deve fazer o faturamento saltar 30% até o fim do ano (a empresa não revela o atual). “Entre todos os nichos do turismo online, que inclui reservas de carros e passagens aéreas, as reservas de diárias de hotéis é o que mais cresce”, diz Ligia.

Só em 2010, o grupo internacional Hotel.de AG investiu quase 5 milhões de dólares em para se expandir globalmente. O Brasil é parte dessa estratégia por ter atraído mais visitantes e também por ter levado mais executivos e pessoas a passeio para fora do país. Aumentar as ofertas locais é parte da estratégia de oferecer mais opções aos 6 milhões de usuários globais cadastrados no site, volume que em 2011 resultou em quase 50 milhões de dólares em vendas.

Esta entrada foi publicada em Padrão e marcada com a tag , , , , , , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *