Hospedagem em Natal é uma das mais baratas do mundo, diz pesquisa.

Hospedagem-em-natal-e-uma-das-mais-baratas-do-mundo-diz-pesquisaO preço para se hospedar em Natal é o terceiro mais baixo do Brasil e está entre os cinco menores do mundo. As informações estão na Pesquisa Internacional de Preços da Hotelaria (PPH) divulgada pelo Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur). A média registrada na capital do Rio Grande do Norte foi de US$ 123,71. A pesquisa levou em conta estadias de dois adultos por sete dias marcados com 60 dias de antecedência.
A Embratur escolheu cidades com perfil para turismo de lazer e potenciais destinos de negócios em todo o mundo. A coleta dos preços ocorreu de dezembro de 2012 a março deste ano. Foram consultados hotéis das três categorias: padrão econômico (1 e 2 estrelas), médio conforto (3 e 4 estrelas) e alto conforto (5 estrelas).Para o coordenador da Câmara Empresarial do Turismo da Fecomércio/RN, George Gosson, o preço baixo registrado em Natal está relacionado com a questão da oferta e demanda. “Atualmente temos uma oferta de quase 30 mil leitos, mas a demanda não está no mesmo patamar”, explica. A consequência disso é que para ocupar as vagas ociosas, os hotéis fazem promoções para hospedagem na capital potiguar.”Do ponto de vista do destino a situação é favorável, pois mostra que Natal continua competitiva, mas ter uma tarifa maior, além de melhorar a arrecadação do hotel, contribui para o Município, que arrecada o Imposto Sobre Serviço (ISS)”, ressalta. Gosson acrescenta que a perda do hotéis é maior quando a venda de pacotes é feita com intermediação das operadoras. “O hotel fica com um valor de 30% a 35% menor”, calcula.Tarifa AéreaEmbora o preço esteja barato para a hospedagem, o custo da passagem aérea tem penalizado Natal, conforme avalia George Gosson. “Nesse caso ocorre o oposto: falta oferta”, afirma. O coordenador da Câmara de Turismo da Fecomércio/RN se baseia em números recentemente divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) sobre a malha aérea doméstica em 2010.O levantamento do IBGE mostra que o custo médio da passagem para voos saindo de Natal é de R$ 339. O preço supera a média de Salvador, Recife e Fortaleza, justamente os principais concorrentes da capital potiguar no turismo. “É interessante para fazer o comparativo com essa concorrência. Esse custo varia de acordo com a frequência de viagens nas cidades pesquisadas. Quem recebe mais voos costuma ter a tarifa mais barata”, informou o chefe do IBGE no RN, Aldemir Freire, na época em que os dados foram divulgados.

Natal

Conhecida por suas praias e belas paisagens, Natal está entre as cidades mais atraentes do país. Segundo pesquisa realizada em outubro do ano passado pelo Ministério do Turismo, a capital potiguar é o 5º destino para onde os turistas mais têm vontade de ir. O estudo também aponta que a ‘Noiva do Sol’, como também é conhecida a cidade, é a 7ª mais procurada pelos turistas brasileiros.Ainda segundo a pesquisa, 5,4% dos turistas brasileiros querem visitar a capital do Rio Grande do Norte. E para os que realizam este sonho, as praias da cidade são os locais prediletos. A praia de Ponta Negra, na área urbana de Natal, é um destes cartões postais. É lá que se encontra, à beira-mar, o Morro do Careca. A duna tem 107 metros de altura e embeleza ainda mais a famosa costa natalense.O Morro do Careca é o principal símbolo turístico e cartão postal da cidade. É uma duna de 107 metros, margeada por vegetação. Localiza-se ao extremo sul da praia de Ponta Negra, a mais famosa da capital. No passado, a duna era fonte de diversão. Banhistas e turistas escalavam o morro e o desciam com a ajuda de uma prancha de madeira chamada de skibunda. No entanto, desde o fim dos anos 1990, sua escalada foi proibida como medida de preservação da mata nativa e, também, para evitar a descida da areia e diminuição da altura do morro.

 

morro-do-careca

Morro do Careca

 

            Pôr do Sol                             

por-dol-no-rio-potengiO pôr do sol no rio Potengi também é atração turística das mais deslumbrantes da cidade. É possível pegar um barco e apreciar o fenômeno de dentro das águas do afluente, ao som de boa música. Um pedida ideal para casais e famílias inteiras que chegam à cidade. Chamado inicialmente de rio Grande, o nome Potengi significa em tupi ‘Rio de Camarões’. Berço da cidade, o rio Potengi nasce a 150 km de Natal, mas somente ao chegar na capital ele se torna largo e majestoso com a subida da maré, que transforma sua água escura para uma tonalidade verde esmeralda.

 

parque-das-dunas-em-natal

Parque das Dunas

Na zona Leste da capital, o Parque das Dunas também é uma opção para os que chegam a Natal e querem se aproximar ainda mais da natureza. O Bosque dos Namorados, como também é chamado o Parque, foi inaugurado em 1975 e tem uma área de aproximadamente 7 hectares com mais de 1.300 árvores, representando 50 espécies nativas da Mata Atlântica. No Parque, são três trilhas divididas por níveis de dificuldade e que permitem ao visitante conhecer um pouco mais sobre a fauna e a flora da região.

Fortaleza do Reis Magos

forte-dos-reis-magos-em-natal

Contrastando com as belezas naturais, a Fortaleza dos Reis Magos é outro atrativo turístico da Noiva do Sol. A edificação conta um pouco da história da capital e de todo o estado do Rio Grande do Norte. Construído para proteger Natal ainda na época de sua colonização, a fortificação fica na praia do Forte, zona Leste da cidade. Hoje, a Fortaleza abriga um museu. A construção, que demorou 30 anos, foi concluída em 6 de janeiro de 1598, dia de Reis. A data é feriado municipal em Natal. E foi erguida sobre os arrecifes para garantir que o embasamento fosse sólido. Foram utilizados principalmente areia, óleo de baleia, bronze e grandes pedras de granito trazidos de Portugal.

Ponte Newton Navarro

ponte-newton-navarro-natal

Ao lado da Fortaleza dos Reis Magos, a Ponte Newton Navarro – estrutura que liga as zona Leste e Norte da capital, passando por cima do rio Potengi – é outra belíssima atração. Inaugurada em novembro de 2007, a edificação é considerada a mais alta ponte estaiada (suspensa por cabos) do país. E tornou-se ponto de visitação turística também devido à altura e imponência. A ponte possui 55 metros de altura em seu vão central e aproximadamente 1,8 km de extensão, dos quais cerca de 400 metros são sustentados por cabos de aço presos a dois mastros de 103 metros de altura cada.

Esta entrada foi publicada em Natal e marcada com a tag , , , , , , , , , , , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *