Compra de passagens via online na Bahia – Comprar passagem sem sair de casa, comodidade garantida?

Planejando um viagem para a cidade de Palmeiras, na Chapada Diamantina, que fica a 450 km de Salvador, o estudante Manoelito Filho, de 24 anos, encontrou na internet uma maneira mais fácil e cômoda de comprar as passagens. “Acessei o site da empresa por curiosidade e descobri que eles vendiam a passagem online“.

Assim como Manoelito, muita gente procura, cada vez mais, comprar as passagens pela internet. De acordo com a Associação das Empresas de Transportes Coletivos Rodoviários do Estado (Abentro), a procura pelo serviço através da internet ou até mesmo do telefone, tem aumentado nos últimos anos, desde que o serviço começou a ser implantado por algumas das 23 empresas que realizam o transporte de passageiros na Bahia.

Na empresa Camurujipe, que oferece a modalidade de venda não presencial há mais ou menos um ano e meio, atualmente, cerca de 14% das vendas de passagens são feitas pela internet e 6% delas através do telefone. Já na Viação Águia Branca e Salutaris, que implantou o serviço em 2008, foi registrado um aumento de 22% na procura da venda via web no ano passado. De acordo com a diretora Comercial e de Marketing da Águia Branca e Salutaris, Paula Corrêa, a expectativa para 2012 é de que o crescimento seja de 15% em relação a 2011.

Das 23 empresas que atuam no estado, cinco já oferecem o serviço de venda através do site, 10 fazem a entrega em casa e outras 13 só praticam a venda através do posto da empresa, localizado nas rodoviárias. O levantamento é de janeiro ao início de setembro deste ano.

Comodidade – O passageiro que escolhe comprar as passagens através da internet vai encontra o serviço nas empresas Camurujipe, São Luiz , Senhor do Bonfim, Real Expresso e Águia Branca.

O primeiro passo para adquirir o bilhete é escolher a data da viagem. Após essa etapa, é necessário escolher as poltronas e logo depois o número do cartão de crédito é solicitado e a compra, efetivada. Processo que Manoelito define como “Frustrante, confuso e um pouco estressante”. Segundo ele, foram dois dias até conseguir comprar os bilhetes pela internet. “Acho que o sistema deveria ser mais profissional, tem muitas falhas, tanto de erro no sistema do cartão de crédito, quanto na reserva da poltrona e falta um serviço de confirmação apropriado, confiável e digno para o cliente”, reclama.

Apesar de todo o processo de compra ser feito on line, o bilhete não pode ser impresso pelo próprio cliente. Paula Corrêa, da Águia Branca, explica que por se tratar de um documento fiscal, o consumidor deve levar o comprovante da compra até qualquer agência credenciada ou guichê da empresa na estação rodoviária e retirar as passagens.

Delivery – Além da opção de compra pela internet, o consumidor que quer fugir das filas ou não tem tempo para ir até o guichê das empresas pode optar pela compra através do telefone. O Disk Passagem é oferecido pelas empresas Camurujipe, Santana, São Luiz, Contijo, Senhor do Bonfim, Falcão Real, Real Expresso, Águia Branca, Jauá e Regional.

Morando em Salvador há 2 anos, a estudante de Publicidade Charlene Menezes, de 19 anos, que é de Campo Formoso, no interior da Bahia, encontrou no serviço de entrega de passagens delivery uma maneira de poupar tempo. “O tempo é corrido, a entrega em casa facilita a vida”, conta a estudante.

Para comprar a passagem, Charlene precisa informar os números do documento de identidade, CPF e a cidade de partida e destino. A atendente lhe informa os horários disponíveis e o valor da passagem para o dia escolhido. Além disso, ela paga o valor do bilhete mais uma taxa de entrega, que varia de bairro para bairro. “Moro na Pituba, sempre costumo paga uma taxa de R$ 7 a R$8, em média”. Valor que a estudante acredita ser bem empregado, pela comodidade que proporciona.

Compra presencial – Apesar de não realizarem a venda pela internet, através do site da Emtram e da Cidade do Sol o internauta pode cotar o valor e disponibilidade de passagem. Basta preencher os campos com os nomes das cidades de origem e destino e escolher as datas de ida e volta. Nas duas empresas, o sistema informa se há ou não passagens disponíveis para o destino e data informados.

Na contramão do uso da tecnologia para facilitar a vida dos usuários, algumas das empresas que atuam na Bahia só disponibilizam a venda de passagens através dos guichês localizados na rodoviária ou através de pontos de venda credenciados. São elas: Turim Transportes, Viação Novo Horizonte, Viação Santa Clara, Viação Jequié Cidade do Sol, Rota Tranporte Rodoviário, Transporte Rainha, Plenna Transportes e RD Turismo.

Esta entrada foi publicada em Bahia e marcada com a tag , , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *