Com o Carnaval no começo de fevereiro, período turístico favorece turismo

foto-turistas-em-fortalezaCom a semana do Carnaval quase emendada ao fim do mês de janeiro, os setores ligados ao turismo estão comemorando, já que a movimentação de visitantes deve ser contínua. O vice-presidente da Associação Brasileira da Indústria Hoteleira (ABIH), Régis Medeiros, projeta 90% de ocupação neste mês e 80% no feriado de fevereiro. Na Praia de Iracema, a expectativa das barracas de praia é receber 400 mil pessoas nos quatro dias de folga.

A ocupação em janeiro nos hotéis da Capital deve ser de 90%, segundo a ABIH FOTO: LUCAS DE MENEZES

Já o presidente da Associação de Meios de Hospedagem e Turismo do Ceará (AMHT), Walden Lins, diz que a ocupação dos pequenos hotéis deve superar os 90% até o Carnaval. “Fortaleza tem uma característica ímpar, que é a busca do turista pela tranquilidade. Tenho observado que, nos últimos sete anos, recebemos muitas pessoas do Rio de Janeiro, Salvador e Recife, que procuram o inverso da festa”.

Walden destaca que essa característica da Capital cearense tem se mostrado diferencial entre as cidades do topo do ranking de busca dos viajantes no País. O vice-presidente da ABIH concorda que o turista que vem no feriado quer aproveitar sem grandes folias, passeando pelos pontos turísticos e visitando praias. Régis ressalta, porém, que a última semana de janeiro deve ter uma pequena queda de visitantes por conta do fim das férias escolares, normalmente a partir do dia 21.

“O perfil dos turistas é de famílias, principalmente, do Sul e Sudeste do País. Muitos deles vêm para a festa do Réveillon e ficam”, comenta. Ele também destaca que, apesar de ser esperada uma redução na ocupação no fim do mês, a expectativa é que muitos estiquem a temporada.

Alta estação

O Ceará deve receber, via Fortaleza, 980 mil turistas na alta estação, de dezembro de 2012 a fevereiro – segundo informações da assessoria de imprensa da Secretaria de Turismo do Estado (Setur). O número representa alta de 7,02% em relação a igual período de 2011.

De acordo com a Setur, os gastos per capita destes visitantes devem crescer R$ 110, alta de 7,19%, gerando uma receita direta de R$ 1,607 bilhão e um impacto de R$ 2,812 bilhões na economia local.

Para o coordenador do fórum de turismo do Ceará, Pedro Carlos Fonseca, a consolidação do Réveillon tem a traído os turistas desde dezembro. “Antes, a consolidação das férias só começava entre os dias 8 e 10 de janeiro”.

Barracas

Segundo Pedro Carlos, que também é presidente da Associação dos Empreendedores da Beira Mar, o faturamento das barracas de praia deve aumentar cerca de 8% em relação a alta estação do ano passado.

A presidente da Associação dos Empresários da Praia do Futuro, Fátima Queiroz, comenta que a alta estação dobra tanto a movimentação como o faturamento em relação aos outros períodos do ano. Para os quatro dias de feriado, são esperadas 400 mil pessoas nas barracas.

Vantagem

“O fato de janeiro e o Carnaval ficarem próximos vai ser bom, porque aproveita toda a energia do negócio”, diz Fátima. Segundo ela, as barracas funcionam intensamente todos os dias da semana neste mês. As praias da Capital, destaca, atraem visitantes que normalmente passam os dias de lazer entre o consumo nas barracas e o banho de mar.

Esta entrada foi publicada em Padrão. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *