Brasileiros desejam roupas e viagens.

brasileiros-desejam-roupas-e-viajens

Nesta segunda-feira, 29, a Nielsen revelou a pesquisa Global de Confiança do Consumidor do 2º Trimestre deste ano. De acordo com dados publicados, apesar de 39% da população ter a intenção de pagar dívidas, cartão de crédito e empréstimo, a decisão de gastar com roupas novas, viagens e melhorias para o lar cresceu, respectivamente, de 30% para 33%; de 19% para 20% e de 14% para 17% do primeiro para o segundo trimestre de 2013. “Tais tendências de consumo dão um fôlego na perspectiva da economia, já que na contrapartida a confiança do consumidor brasileiro caiu dois pontos, atingindo 110”, pontua Claudio Czarnobai, gerente de atendimento da Nielsen.

O executivo esclarece que a população está mais cautelosa, mas isso não significa que deixarão de comprar itens que saia do consumo básico. Apesar de ter crescido o percentual das pessoas que acreditam que o Brasil esteja em recessão, de 37% para 41%, a grande maioria não possui tal percepção. Prova disso, é o tema “economia” estar entre as três principais preocupações entre os países latinos. Já no Brasil, questões como saúde, equilíbrio entre a vida profissional e pessoal além da criminalidade são as três principais preocupações, economia está na quinta posição, atrás ainda da educação e sustento dos filhos.

Além disso, 58% dos brasileiros consideram boas as perspectivas de emprego para os próximos 12 meses e 10% consideram excelentes. “Mesmo com as possibilidades de inflação e as perspectivas para o PIB, jogadas para baixo a cada semana, o brasileiro ainda se mantém como um dos mais otimistas da América Latina, mas os números já provam que estão todos bem atentos com os caminhos da economia”, finaliza Czarnobai.

Esta entrada foi publicada em Brasileiros Desejam Roupas e Viagens e marcada com a tag , , , , , , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *